Habilidade política x falta de ética, de escrúpulos e de caráter

Dissimulação e politicagemVivemos hoje no Brasil, em praticamente todas as áreas, uma distorção da política.

A linha que separa o que é “habilidade política” do que é falta de escrúpulos, de ética e de caráter, está ficando cada vez mais tênue, cada vez mais frágil.

É por isso que muita gente está “confundindo” as coisas, ou seja, “vale tudo” para conseguir cargos, status, dinheiro e poder.

E quando essa “habilidade” passa a se constituir como um “diferencial”, seja na política nacional ou mesmo no meio corporativo, é um triste sinal de que isso está se tornando “normal”, ou seja, ouvimos cada vez mais a nobre expressão de que “é assim que funciona”.

E quando isso tudo começa a se tornar “normal”, é um alerta, um sinal claro da decadência de um sociedade, por que não dizer de uma “humanidade”.